Joaquim de Almeida

Compartilhe famosos, filmes, trailers e séries

Joaquim de Almeida é o nome artístico de Joaquim António Portugal Baptista de Almeida, ator luso-americano que já atuou em diversos filmes e novelas.

Joaquim nasceu em 15 de março de 1957, em Lisboa, Portugal. Sexto filho de um total de oito, seus pais eram farmacêuticos. Todavia, logo cedo, Joaquim demonstrou que não seria aquele filho que daria continuidade aos negócios da família que, por sinal, seguia uma tradição na área da saúde iniciada com o seu avô, o qual fundou o famoso laboratório J.A.B.A., simplesmente as iniciais de José António Baptista de Almeida, e que mais tarde foi incorporado a uma multinacional italiana sob o nome de Jaba Recordati.joaquim de almeida

Contudo, Joaquim de Almeida demonstrou, desde cedo, seu interesse pela carreira artística e, por volta dos 18 anos de idade, iniciou seus estudos na escola de teatro do Conservatório de Lisboa (hoje, Escola Superior de Teatro e Cinema).

Curiosamente, durante o período da adolescência, Joaquim era considerado como um estudante indisciplinado, a ponto de ser expulso de diversos liceus espalhados pela cidade, como os famosos D. Pedro V, Pedro Nunes e Padre António Vieira.

A estabilização de Joaquim só foi realizada quando ingressou no D. João de Castro e depois acabou ingressando no MAEESL (Movimento Associativo dos Estudantes do Ensino Secundário de Lisboa), onde foi um verdadeiro ativista.

Estudos na Áustria

Após a ocorrência do fatídico 25 de abril de 1974 – data que ficou conhecida como a Revolução dos Cravos ou Revolução de Abril – e encerramento da então Escola de Teatro do Conservatório Nacional em que estudava cerca de 2 anos, Joaquim de Almeida acabou decidindo sair de Portugal e ir estudar na Áustria.

Almeida começou a trabalhar como jardineiro na Embaixada do Zaire, localizada em Viena, graças ao auxílio obtido pelo maestro António Victorino D’Almeida, o qual tinha como companheira uma funcionária que trabalhava nessa embaixada.

Logo, Joaquim também viria a se interessar por uma funcionária da Embaixada, Andrea Nemetz, secretária do embaixador. Esse namoro lhe rendeu o primeiro casamento e a mudança para os Estados Unidos, que ocorreu no ano de 1976, quando Nemetz conseguiu uma bolsa de estudos para piano.

No ano seguinte, em 1977, Joaquim conseguiu ser admitido na prestigiosa escola de atores Lee Strasberg Theatre and Film Institute, a qual já fora frequentada por artistas consagrados, como é o caso de Al Pacino e Robert De Niro.

Para se sustentar, começou a trabalhar em um bar, onde, mais tarde, tornou-se gerente (o La Gamelle). De acordo com o próprio ator, o espaço era bastante frequentado pelos mafiosos de Nova Iorque, em um período que antecedeu a gestão realizada por Rudolph Giuliani.

De todo modo, essa experiência acabou se tornando benéfica para Joaquim, uma vez que, algum tempo depois, acabaria atuando em papeis vilanescos, como é o caso do longa “Desesperado”, de Robert Rodriguez.

Joaquim de Almeida no cinema

O primeiro papel de Joaquim no cinema foi em The Soldier, de 1982, em que fazia parte dos soldados. Ganhou mais destaque um ano depois, em 1983, no filme “The Honorary Consul” (em português, “O Consul Honorário”), em que teve a oportunidade de contracenar com atores como Michael Caine e Richard Gere. No filme, Joaquim interpretava Leon.

Todavia, foi através do filme “Good Morning, Babylon” (em português “Bom dia, Babilônia”), dirigido pelos irmãos Taviani, em 1987, que provocou um forte impacto positivo na sua carreira, já que o longa foi exibido logo na abertura do Festival de Cannes do mesmo ano. Seu personagem era Andrea Bonnano.

Fluência em outros idiomas

Além do talento próprio para a atuação, Joaquim de Almeida é um poliglota. Ele possui fluência em 6 idiomas, graças as oportunidades de ter atuado em países como a Itália, Espanha, França, Brasil, Alemanha e Argentina.

Vale lembrar que o ator se naturalizou americano em outubro de 2005, mas, independentemente dessa decisão, ele trabalhou em obras do cinema português e até brasileiro (atuou como Sherlock Holmes em “O Xangô de Baker Street”, filme de 2001 que é uma adaptação do romance de Jô Soares, lançado em 1995).

Prêmios e condecorações

Joaquim de Almeida já ganhou em sua carreira três Globos de Ouro (edição portuguesa) como Melhor Ator pela atuação nos seguintes filmes: “Tentação” (1997), “Adão e Eva” (1995) e “O Xangô de Baker Street” (2001).

Em 1992, Joaquim foi condecorado Cavaleiro da Ordem do Infante D. Henrique, que reconheceu e distinguiu os préstimos relevantes realizados por um português, seja em território nacional ou em qualquer parte do estrangeiro.

Vida particular

Após o primeiro casamento com a pianista Andrea Nemetz, Joaquim teve mais duas conjugues: a dançarina Anne Rogoshan e a designer Maria Cecilia Gonçalves.

Joaquim tem dois filhos: Lourenço Gonçalves Baptista de Almeida de Cecília Gonçalves (nascido em janeiro de 1993) e Ana de Tavares Risques Baptista de Almeida (nascida em agosto de 2002).

Filmografia

Joaquim de Almeida já realizou vários trabalhos para o cinema e TV. Nesta, participou de séries como CSI Miami (pequena aparição) e O Mentalista (no 12° episódio da 4 ª temporada) e 24 Horas. Abaixo os principais trabalhos em que ele atuou com os seus respectivos personagens:

  • Um Uomo Americano (1979) – Como Miguel Montero;
  • The Soldier (1982) – Como soldado;
  • The Sun and the Moon (1987) – Como David Garcia;
  • Terre Saccrée (1988) – Com Mateo;
  • Disamistade (1989) – Como Sebastiano Catte;
  • A Ilha (1990) – Como Andrea;
  • Segno di Fuoco (1990) – Como Luis Barreto;
  • Retrato de Família (1991) – Como Miguel Montenegro;
  • Amor e Dedinhos de Pé (1991) – Como Francisco Frontaria;
  • Terra Fria (1992) – Como Leonardo;
  • El Maestro de Esgrima (1992) – Como Ayala;
  • Sombras em Uma Batalla (1993) – Como José;
  • El Baile de Las Ánimas (1993) – Como Antônio;
  • Amok (1993) – Como o amante;
  • Uma vida Normal (1994) – Como Miguel;
  • Only You (1994) – Como Giovanni;
  • Clear and Present Danger (1994) – Como Col. Felix Cortez;
  • Adão e Eva (1995) – Como Francisco;
  • Afirma Pereira (1996) – Como Manuel;
  • Corazón Loco (1997) – Como Emilio;
  • La Cucaracha (1998) – Como José Guerra;
  • On the Run (1998) – Como Ignácio;
  • Inferno (1999) – Como Xana;
  • Capitães de Abril (2000) – Como Gervásio;
  • O Xangô de Baker Street (2001) – Como Sherlock Holmes;
  • Behind Enemy Lines (2001) – Como Piquet;
  • Stranded (2001) – Como Fidel Rodrigo;
  • Entre Chiens et Loups (2002) – Como Radman / Constantin;
  • Os Imortais (2003) – Como Roberto Alua;
  • II Fuggiasco (2003) – Como Lolo;
  • Thanks to Gravity (2005) – Como Max;
  • Um Tiro no Escuro (2005) – Como Rafael;
  • The Celestine Prophecy (2006) – Como o Padre Sanchez;
  • Call Girl (2007) – Como Mouros;
  • The Lovebirds (2007) – Como Marco Correia;
  • The Death and Life of Bobby Z (2007) – Como Don Huertero;
  • La Cucina (2008) – Como Michael;
  • La Conjura de El Escorial (2008) – Como Escobedo;
  • Che – Guerrilha (2008) – Como Presidente René Barrientos;
  • Holy Money (2008) – Como Mangini;
  • Contraluz (2010) – Como Jay;
  • Mamitas (2011) – Como o Professor Alexander Viera;
  • Fast Five (2011) – Como Hernan Reyes;
  • Robosapien: Rebooted (2013) – Como Esperenza;
  • A Gaiola Dourada (2013) – Como José Ribeiro, o Marido de Maria;
  • Tres 60 (2013) – Como Alberto Ibarguren;
  • Una Vida: A Fable of Music and the Mind (2014) – Como Dr. Alvaro Cruz;
  • Atlas Shrugged: Part III (2014) – Como Francisco d’Anconia;
  • O Duelo (2015) – Como Capitão Vasco;
  • A Date with Miss Fortune (2015) – Como José;
  • Diablo (2015) – Como Arturo;
  • The Hitman’s Bodyguard (2017) – Como Jean Foucher;
  • Downsizing (2017) – Como Director Dr. Pereira.

Leave a Reply